A Dor da Separação

A Dor da Separação

(Pinard de Assis Cunha)

Ninguém perde ninguém…
Porque ninguém nunca é dono
e nem pertence a alguém.
O que acontece é que
cumpriu-se o tempo de alguém.

Mesmo assim dói.

Dói porque o tempo nos ensinou
a amar alguém que,
quando vai,
não pede e não leva ninguém.

Esta entrada foi publicada em Livros. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s