Poesia: Adias

 
 
Adias
 
 
 
Há dias
Há dias são
Há dias tão
Há dias só
Há dias iguais
Há dias sim
Há dias não
Há dias medo
Há dias nada
Há dias tudo.
 
(Geraldo Pantuza – Catas Altas MG)
Esta entrada foi publicada em Livros. ligação permanente.

Uma resposta a Poesia: Adias

  1. Ronildodlinor diz:

    Este poema demonstra ótima duplicidade de sentido a começar pelo título; muito bom este poeta; tua terra tem talentos…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s