A Riqueza da Azulejaria Portuguesa

Patrimônio Português Colado às Paredes…
 
Ivanir Faria
 
 
Dos  fins do século XV até hoje, em Portugal e em
praticamente todos os países,
perdura um manifesto original
e funcional que ultrapassa a mera função decorativa:
a utilização de azulejos para cobrir as paredes.
Mas em nenhum outro país, o azulejo desempenhou
papel tão complexo na transformação
dos espaços arquitetônicos como em Portugal.
 
 

(Os 3 Moinhos do Barreiro à entrada de um centro comercial local)
 
 
 
As composições figurativas numa parede, antes lisa,
aumenta-lhe o campo visual, introduz-lhe a perspectiva
e incorpora-lhe a construção tridimensional do espaço,
resultando, daí, a transformação do caráter fechado desse espaço.
Complexo de se explicar,mas simples de se observar.
Note a perfeição dos detalhes no painel " Assistir os Enfermos",
parte integrante da Igreja da Misericórdia, em Santarém.
 
 
 
 
A glória da azulejaria portuguesa reside na pintura
especificamente cerãmica, na cor azul de cobalto
adotada no século XVII que lhe confere um impacto
impressionista e valor estético quase abstrato.
Claro que as técnicas foram se desenvolvendo e
absorvendo outras vindas do resto da Europa,
como a da faiança italiana, da produçaõ flamenca e francesa, principalmente.
 
 
Mas, na modernidade é possível ver um engraxate
aos pés de Fernando Pessoa destinado ao Metropolitano de Lisboa,
no Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian,
assinado por Julio Pomar em 1984.
 
 
 
Ou estar de passeio em Fátima e dar de cara com a figura
típica de um Santo emoldurado por brancas nuvens…
Nas simples casas, nem que seja um único azulejo,
ou um pequeno painel, há sempre essa marca
nacional de Portugal.
Encantam os olhos, distraem o olhar.
Não há, em Portugal, concreto armado sem que
não lhe seja reservado, no final um detalhe
artesanal em azulejos.
Sem eles, não seria uma casa portuguesa,
com certeza!!!
 
 
Anúncios
Esta entrada foi publicada em Viagens. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s