Niemeyer, O Desbrava Palavras…


Palavras de Oscar Niemeyer 



Um dia eu estava no exterior, chateado, longe de tudo, 

a pensar no Brasil, nos Amigos, na Família, 

estava tão revoltado que fiz um verso e preguei na parede assim:


Estou longe de tudo

De tudo que eu gosto

Dessa terra tão linda

Que me viu nascer.

Um dia me queimo

Meto o pé na estrada

É aí no Brasil

Que eu quero viver.

Cada um no seu canto

Cada um no seu teto

A brincar com os amigos

Vendo o tempo correr.

Quero olhar as estrelas

Quero sentir a vida

É aí no Brasil

Que eu quero viver.

Estou puto da vida

Essa gripe não passa

De ouvir tanta besteira

Não me posso conter

Um dia me queimo

E largo tudo isso

É aí no Brasil

Que eu quero viver.

Isso aqui não me serve

Não me serve de nada

A decisão tá tomada

Ninguém vai me deter.

Que se foda o trabalho

Esse mundo de merda

É aí no Brasil

Que eu quero viver.

Esta entrada foi publicada em Arte e Vida. ligação permanente.

Uma resposta a Niemeyer, O Desbrava Palavras…

  1. ivana diz:

    muiiiiiiito bom isssoo!!!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s