Pulga Atrás da Orelha

Algo Cruel: A Dúvida

São Francisco em sua célebre oração diz:

“Onde houver Dúvida, que eu leve a Fé”

São sábias palavras trazendo à tona os desdobramentos acerca da força negativa da Dúvida. É uma das piores coisas ter dúvida, estar em dúvida porque deixamos de fazer ou fazemos algo indevidamente se basearmos em nossa incerteza.

De acordo com os dicionãrios, Dúvida é a incerteza da realidade de um fato ou da verdade de uma ideia; Estado de hesitação entre a afirmativa e a negativa; Ceticismo; Dificuldade na decisão; Suspeita; Desconfiança…

A linguagem popular traduziu a Dúvida na expressão “estar com a pulga atrás da orelha”. Ora, a pulga pica, incomoda-nos com sua presença ou não: basta cismar que lá esteja para começarmos a nos coçar… Assim é com a Dúdida.

Como uma coisa leva a outra, a questão da Dúvida é de se meditar. O melhor caminho é sempre o de buscar a Verdade, o Esclarecimento e após estes a Compreensão…

Shakespeare sentenciou: “Ser ou não ser? Eis a questão!” Também nesta frase há uma Dúvida incógnita. E em muitas outras no nosso dia a dia, independente da idade ou credo, raça ou sexo. Ter Dúvidas faz parte de nossa vida, mas não há nada melhor do que ter a Certeza!!!

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Arte e Vida, Espiritualidade, Para Ler e Guardar.... ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s